Reservatórios de Rega dos Canhas

Designação do Projeto: Reservatórios de Rega dos Canhas

Código do Projeto: PRODERAM20-4.3.2-FEADER-002034

Objetivo Principal:A Operação “Reservatórios de Rega dos Canhas” tem por objeto a construção de 1 (um) novo reservatório de armazenamento de água de rega, nomeadamente o reservatório dos Canhas, concelho da Ponta do Sol. A Operação contempla, complementarmente, a construção de uma Casa de Abrigo dos Levadeiros dos Canhas, localizada junto ao reservatório dos Moinhos, freguesia dos Canhas, concelho da Ponta de Sol, com vista a dispor de uma infraestrutura de apoio ao serviço de regadio público na freguesia dos Canhas.

Região de Intervenção: Região Autónoma da Madeira

Entidade Beneficiária: Águas e Resíduos da Madeira, S.A.

Custo Total Elegível: 2 436 293,71 €

Apoio Financeiro da União Europeia: 2 070 849,65 €

Apoio Financeiro Público Regional: 365 444,06 €

A construção do novo reservatório de rega dos Canhas e a construção da uma nova Casa de Abrigo dos Levadeiros dos Canhas visam a otimização da gestão de água de regadio, melhorando a eficiência e a fiabilidade dos sistemas de regadio. O aumento total da capacidade de armazenamento de água de rega proposto na Operação é de 3.000 m3, afeto à construção do novo reservatório de rega dos Canhas (Ponta do Sol).

O aumento da capacidade de armazenamento de água proposto para o novo reservatório de rega dos Canhas prevê que o funcionamento do respetivo sistema hidroagrícola passe a decorrer durante 12 horas (diurnas) ao invés das atuais 24 horas, implicando, desta forma, uma maior eficiência e eficácia na distribuição de água de rega.

A construção do novo reservatório de rega dos Canhas revela-se essencial e indispensável para a gestão adequada e eficiente do sistema de regadio público concessionado à ARM, tendo em consideração as necessidades hídricas dos sistemas associados aliadas e os efeitos das alterações climáticas, que colocam uma elevada pressão sobre o recurso água, nomeadamente sobre a sua disponibilidade e sustentabilidade. 

Desta forma, a construção do novo reservatório dos Canhas e da Casa de Abrigo dos Levadeiros dos Canhas constituem investimentos estruturantes e estratégicos para a otimização da operacionalidade e eficiência de infraestruturas de apoio à exploração do regadio, para a melhoria da qualidade do serviço prestado e para a sustentabilidade do setor agrícola e da Região. 

O aumento da disponibilidade hídrica e,ou da capacidade de armazenamento propostos na Operação correspondem ainda a medidas fundamentais de adaptação às alterações climáticas.

poderam
Scroll to Top